Materiais Compósitos

Os materiais Compósitos consistem em duas ou mais fases físicas distintas, em que pelo menos uma delas apresenta a característica filamentar, fibrosa ou particulada, dispersa e envolta em uma fase contínua denominada matriz (ligante). Existem na natureza diversos desses materiais, como a madeira (fibras de celulose e hemicelulose envolvidas por uma resina natural denominada lignina), por exemplo.

 

Embora não seja de origem polimérica, o concreto armado também é um bom exemplo de material compósito, cujas propriedades conhecidas são decorrentes da cada componente, como o cimento, areia e brita, os quais elevam a resistência à compressão e intempéries. Porém, conferem também baixa resistência à tração e flexão. Já o aço, quando incorporado ao concreto na forma de barras e treliças, promove a resistência necessária à tração e flexão graças à absorção de cargas dinâmicas atuantes.

MATERIAIS COMPÓSITOS POLIMÉRICOS ( Plástico Reforçado/Composites/Fiberglass)

Trata-se de um material estrutural resultante da combinação de polímeros termoplásticos ou termofixos com fibras de reforço, com destaque para as fibras de vidro, fibras de carbono e fibras de aramida, sendo estas as mais utilizadas.